Hare Krishna Hare Krishna Krishna Krishna Hare Hare Hare Rama Hare Rama Rama Rama Hare Hare

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

A Absoluta Necessidade da Segunda Iniciação



[Paramaradhya Srila Bhaktivedanta Narayana Maharaja falou, na semana
de Janeiro, de 11 à 17 de 2003 em Hilo, Hawai, iluminando sua
audiência de 250 devotos, sobre os tópicos de guru-tattva e o
gradual desenvolvimento da devoção por Sri Krsna. Entretanto, como
as vezes ocorre, certos indivíduos na tentativa de desinteressar
outros de assistir as aulas de Srila Narayana Maharaja incumbiram-se
de passar cópias de um papel. Nessa ocasião o papel trazia escrito a
tese da relativa necessidade de harinama (primeira iniciação) e
diksa (segunda iniciação). O papel tentava francamente provar que
Srila Prabhupada Bhaktivedanta Swami Maharaja e Srila Bhakti Raksaka
Sridhara Maharaja tem uma visão diferente do tema de Srila Narayana
Maharaja. Se isto fosse verdadeiro, colocaria Srila Narayana
Maharaja fora da linha discipular dos acaryas predecessores. Quando
Srila Narayana Maharaja foi informado desta tentativa de mostrar
diferença, ele deu a seguinte aula e claramente mostrou que os três
acaryas acima mencionados estão exatamente na mesma linha. Eles
dizem que a aceitação dos diksa-mantras é essencial.]

Srila Narayana Maharaja: Nas minhas aulas eu tenho explicado o
significado de bhakti e eu tenho explicado como gradualmente podemos
atingi-la, começando pela menor fração de bhakti chamada sraddha.
Discutimos muitos pontos, entre os quais a necessidade de guru-
padasraya. Neste meio-tempo, um tópico surgiu, o qual desejo
discutir e esclarecer. Você deve muito cuidadosamente e seriamente
ouvir este importante tópico. Primeiramente, Sripad Padmanabha
Maharaja irá apresentar o argumento; então eu replicarei a ele.
Sripada Padmanabha Maharaja: Há uma questão referente ao
relacionamento entre o gayatri-mantra (diksa) e iniciação harinama.
Muitas pessoas tem apresentado citações de Srila Bhaktivedanta Swami
Prabhupada e Srila Bhakti Raksaka Sridhara Maharaja a fim de
apresentar a idéia, baseada em suas compreensões destas citações,
que harinama é completo e suficiente por si próprio para a alma
condicionada, e que iniciação ao gayatri-mantra não é realmente
necessária. Eu vou ler estas citações e então Srila Maharaja dará a
clara compreensão. A primeira de todas as citações, é uma conversa
no quarto com Srila Prabhupada em Paris, 1973, lá ele
disse: "Cantando o Hare Krsna maha-mantra. Gradualmente, enquanto se
prática, se tornará mais purificado. Então a segunda iniciação –
gayatri-mantra, é dada. A primeira iniciação, de acordo com Jiva
Gosvami, aqui é suficiente. Cantando o Hare Krsna mantra, que é
suficiente. Mas, para purificar ainda mais, a segunda iniciação,
gayatri, é dada."
Esta é uma citação. Então eles citam Srila Bhakti Raksaka Sridhara
Maharaja em seu livro Sri Guru e Sua Graça. Lá ele diz: "Aceitamos o
mantra apenas para auxiliar nama-bhajana, a adoração ao santo nome.
Por outro lado, não é necessário a todos. Isto tem sido avaliado
desta maneira. O nome sozinho pode fazer tudo pela pessoa; ele é
pleno e completo. O gayatri-mantra auxilia-nos a livrarmo-nos das
aparadhas (ofensas) e da abhasa, ou obscura concepção. O gayatri-
mantra é dado somente para nos ajudar nisso."
Com estas duas citações, muitas pessoas têm tentado suportar seus
argumentos de que de fato não é completamente essencial ou
necessário para as almas condicionadas aceitarem o gayatri-mantra –
diksa – porque harinama é suficiente. Eles tentam também sugerir que
Srila Narayana Maharaja está dizendo algo contrário à Srila
Prabhupada e Srila Sridhara Maharaja. Eu também estava lendo as duas
declarações de Srila Narayana Maharaja. A primeira é de seu livro,
Indo Além de Vaikuntha: "Sem o gopala-mantra o e kama-gayatri,
poderia nosso sadhana estar completo apenas com nama-sankirtana?
Não, porque por nama-sankirtana sozinho não não somos capazes de
cantar suddha-nama, o nome puro de Krsna." A segunda citação
apresentada por eles é de uma leitura dada por Srila Narayana
Maharaja sobre o tópico do Sri Bhajana-rahasya: "Tudo está lá, mas
não pense que poderá realizar tudo isso apenas por cantar krsna-nama
unicamente. Nós devemos certamente cantar harinama e gayatri-mantra.
Se queremos compreender plenamente e realizar o que está no Hare
Krsna mantra, devemos também cantar os gayatri-mantras."

Agora ouviremos de Srila Narayana Maharaja que generosamente nos
dará a conclusão filosófica apropriada destes pontos, então todos
poderão compreender claramente a posição da iniciação gayatri-mantra
e iniciação harinama, e seus relacionamentos.
Srila Narayana Maharaja: Eu acho que vocês tem pleno conhecimento
destes argumentos. Agora tentarei muito cuidadosamente responder a
eles e vocês poderão reconciliar todas estas declarações. Muitos têm
apresentado a idéia de que a aceitação de diksa não é essencial e
indiretamente indicam este verso:

diksa-purascarya-vidhi apeksa na kare
jihva-sparse a-candala sabare uddhare
(Sri Caitanya-caritamrta, Madhya-lila 15.108)

Não é necessário submeter-se a iniciação ou executar atividades
exigidas antes da iniciação. Basta apenas vibrar o santo nome com os
lábios. Assim, mesmo um homem da classe mais baixa (candala) pode
ser liberado.

O santo nome é suficiente. O santo nome é muito poderoso e pode
satisfazer todos os desejos. O nome até mesmo dará vraja-prema. Qual
é então, a necessidade de tomar iniciação? O documento citou minha
declaração, juntamente com a de prapujya-carana Bhakti Raksaka
Sridhara Maharaja e Srila Bhaktivedanta Swami Maharaja; então, eu
desejo reconciliar todas estas declarações.
É verdade que diksa-purascarya (iniciação e atividades
purificatórias realizadas antes da iniciação) não são necessárias em
qualquer circunstância; mas devemos saber algo sobre o verdadeiro
significado deste verso. Srila Bhaktisiddhanta Sarasvati Thakura
Prabhupada escreveu um livro de regras e regulações para adoração à
Deidade chamado Arcana-dipika. Lá ele explicou que harinama é
bhagavata-svarupa, a real forma de Krsna e Radha – e por esta razão
está declarado no Sri Siksastaka: "param vijayate sri- krsna-
sankirtanam." Por cantar e lembrar-se dos nomes de Krsna, todos os
tipos de perfeição – como vraja-prema e mesmo radha-dasya (tornar-se
uma criadinha de Srimati Radhika) – pode ser alcançado. No primeiro
estágio, entretanto, quando um devoto está pronunciando o santo
nome, ele está cheio de muitas aparadhas e outros anarthas tais como
laya (sono), viksepa (distração), apratipatti (indiferença ou
desinteresse por tópicos espirituais) e outros mais. É garantido que
tal pessoa não pode pronunciar o puro santo nome; De fato, ela está
cantando nama aparadha. Cantar o puro santo nome só é possível após
diksa samskara.
Srila Jiva Gosvami explica diksa em seu Bhakti-sandarbha (283):

divyam jñanam yato dadyat kuryat papasya sanksayam
tasmat dikseti sa prokta desikais tattva-kovidaih

Diksa é o processo pelo qual podemos despertar nosso conhecimento
transcendental e anular todas as reações provocadas por atividades
pecaminosas. Uma pessoa perita no estudo das escrituras reveladas
conhece este processo como diksa. (Citado no Sri Caitanya-
caritamrta, Madhya lila 15.108, significado)

O gayatri-mantra concede todo o tipo de divya-jñana, conhecimento
transcendental, incluindo o conhecimento de krsna-tattva e jiva-
tattva, e dá também um relacionamento com Krsna. Nama sozinho não
pode dar este relacionamento para uma pessoa cheia de anarthas.
Todos nossos acaryas, desde o topo até a base, tem declarado que sem
purificar-nos das reações pecaminosas e limpar as ofensas (anartha-
nivrtti) não poderemos desenvolver a habilidade de cantar o puro
santo nome, devemos aceitar diksa-vidhana (o processo de iniciação).
Di – ksa. Di significa divya-jñana, ou conhecimento realizado de
nosso relacionamento com Krsna. Ksa é a limpeza de todos os pecados,
aparadhas, e outras impurezas. Por isso, diksa-vidhana é essencial.
Sem diksa samskara, nosso relacionamento com Krsna (sambandha-jñana)
não pode manifestar-se e não poderemos cantar suddha-nama. É
essencial aceitar diksa.
Srila Sanatana Gosvami escreveu no Sri Hari-bhakti-vilasa:

yatha kañcanatam yat
kamsyam rasa-vidhanatah
tatha diksa-vidhanena
dvijatvam jayate nrnam

Assim como bronze (uma mistura de cobre e estanho) torna-se ouro
misturado com mercúrio, similarmente, pelo processo da iniciação
diksa, uma pessoa adquire as qualidades de um brahmana.

Bronze transforma-se em ouro pela presença do elemento mercúrio.
Similarmente, por este elemento, o processo de diksa, nosso cantar
dos santos nomes torna-se puro; de outra maneira isto não é
possível.
Se não fosse necessário aceitar diksa-mantra, porque teria Srila
Bhaktisiddhanta Sarasvati Thakura Prabhupada tomado segunda
iniciação de Srila Gaura-kisora dasa Babaji Maharaja, e por que
teria dado iniciação diksa a seus discípulos? Parama-pujyapada Srila
Sridhara Gosvami Maharaja também tomou diksa dele. Se não houvesse
necessidade, porque Srila Prabhupada Bhaktisiddhanta Sarasvati
Thakura daria iniciação diksa, e por que seus discípulos a
aceitariam?
Não somente que, Brahma recebeu kama-gayatri e gopala-mantra do
próprio Krsna. Brahma então deu diksa-mantra à Sri Narada si, e
Narada deu-o a muitos discípulos. Narada não deu apenas harinama à
Dhruva Maharaja – ele deu diksa através do mantra: om namo bhagavate
vasudevaya. Sri Caitanya Mahaprabhu tomou iniciação de Sri Ÿsvara
Puripada, que primeiro deu-Lhe hari nama. Então, para purificar o
cantar de nama, deu-Lhe o gopala-mantra. O Gopala-mantra é
transcendental e sempre existente, e ele é dado em um relacionamento
com Krsna como Gopijana-vallabha. Devemos considerar todas estas
evidências.
Todos os acaryas em nosso guru-parampara aceitaram diksa mantras.
Eles podem dizer que harinama é suficiente para as almas
condicionadas e que nenhum acarya em nosso guru-parampara não
tomaram iniciação diksa? Srila Gaura-kisora dasa Babaji Maharaja,
Srila Bhaktivinoda Thakura, Srila Visvanatha Cakravarti Thakura, e
os seis Gosvamis tomaram segunda iniciação. Srila Bhaktivedanta
Swami Prabhupada também tomou. Porque dizem que tomar iniciação
diksa não é essencial? Vocês devem conhecer a gravidade desta
verdade. Sri Caitanya Mahaprabhu, Sri Nityananda Prabhu, Sri Advaita
Acarya, Sri Gadadhara Pandita, Sri Ÿsvara Puri e Sri Madhavendra
Puri todos tomaram diksa. Porque então, não devemos tomar? Por que
não é essencial? Se não é essencial, então porque Sri Sanatana
Gosvami falou sobre isso no Sri Hari-bhakti-vilasa? Porque Sri Gopal
Bhatta Gosvami também escreveu sobre isso? Estariam falando de
coisas desnecessárias? Aqueles que dizem que diksa não é essencial
não poderão responder estas questões em centenas de milhões de anos.
Sri Caitanya Mahaprabhu tomou iniciação. Ele é o Senhor dos
senhores – Radha e Krsna combinados – e ainda assim foi até Gaya e
tomou iniciação. Brilhantemente Ele explicou este fato em uma
assembléia de sannyasis em Kasi, quando estes sannyasis perguntaram-
Lhe, "Ó, você é um jovem e qualificado sannyasi. Por que não escuta
o Vedanta? Porque você se ocupa em cantar e dançar e rolar no chão?
Um sannyasi não deve dançar e fazer todas essas coisas."
Sri Caitanya Mahaprabhu respondeu que foi por ordem de Seu guru, Sri
Ÿsvara Puripada. Mahaprabhu disse: "Guru mora murkha dekhi". Meu
Guru Maharaja desse-me que porque sou tolo e ignorante, não sou
qualificado para estudar o Vedanta. Ele disse que deveria cantar
Hare Krsna e lembrar-me deste verso:

harer nama harer nama
harer namaiva kevalam
kalau nasty eva nasty eva
nasty eva gatir anyatha
(Sri Caitanya-caritamrta, Adi-lila 17.21)

Nesta era de Kali, não há outra maneira, não há outra maneira, não
há outra maneira de auto realização além do cantar dos santos nomes,
cantar os santos nomes, cantar os santos nomes do Senhor Hari.

Sri Caitanya Mahaprabhu não somente tomou harinama de Seu gurudeva.
Ele também tomou a segunda iniciação através do gopala-mantra. Em
nosso parampara, a fim de purificar nosso cantar e dar ao cantor um
relacionamento com Krsna, que é dado generosamente na forma de Seu
santo nome, o gopala-mantra é dado junto com harinama. Antes da
época de Mahaprabhu, somente o gopala-mantra era dado.
Posteriormente, após Ele manifestar Seus passatempos, Srila
Dhyanacandra Gosvami e Srila Gopala-guru Gosvami vieram a este mundo
e deram as regulações que devemos seguir. Eles deram brahma-gayatri,
guru-mantra, guru-gayatri, gaura-mantra, gaura-gayatri, krsna-mantra
(gopala-mantra) e finalmente kama-gayatri. Este é o processo seguido
em nossa sampradaya iniciado por Srila Gopala-Guru Gosvami, que é um
discípulo de Vakresvara Pandita, que é um associado de Sri Caitanya
Mahaprabhu.
Caitanya Mahaprabhu citou Seu gurudeva dizendo: "krsna-mantra japa
sada – ei mantra-sara. Você sempre deve cantar os santos nomes de
Krsna. "Esta é a essência de todos os mantras, ou hinos Védicos."

krsna-mantra haite habe samsara-mocana
krsna-nama haite pabe krsnera carana
(Sri Caitanya-caritamrta, Adi-lila 7.73)

Simplesmente por se cantar os santos nomes de Krsna, pode-se obter
liberação desta existência material. Na realidade, simplesmente por
cantar Hare Krsna mantra é possível ver os pés de lótus do Senhor.
O cantar inofensivo dos santos nomes não depende do processo de
iniciação. Mas o nome deve ser o puro nome – e como isto virá? Isto
só poderá se revelar através do processo de diksa; de outra maneira
isto não é possível. Não que o santo nome não seja puro, mas se a
pessoa não é um devoto puro não pode cantar o nome puro. Ele pode
unicamente cantar sílabas cujo som é como o nome. Ele pode somente
cantar ofensas ao nome (nama-aparadha) ou uma semelhança do nome
(nama-abhasa).
Sri Caitanya Mahaprabhu cantava o nome puro. Por esta razão, Ele foi
capaz de dizer ao Seu gurudeva:

kiba mantra dila, gosañi, kiba tara bala
japite japite mantra karila pagala
(Sri Caitanya-caritamrta, Adi-lila 7.81)

Meu querido Senhor, que tipo de mantra você Me deu? Eu me torno um
louco simplesmente por cantar este maha-mantra!

Caitanya Mahaprabhu disse aos sannyasis: "Vocês me perguntam porque
danço, canto e rolo no chão. Esta é a razão: Quando Meu gurudeva
iniciou-me, ele deu-me ambos, harinama e gopala-mantra." Então Ele
disse: "Japite japite mantra." Se ele tivesse recebido apenas
harinama, o maha-mantra, Ele não teria dito a palavra "mantra".
Mantra especialmente refere-se ao gopala-mantra e kama-gayatri. Ele
primeiramente recebeu harinama e então gopala-mantra. "Japite japite
mantra karila pagala. – e isto Me tornou louco. Krsna-nama e mantra –
significando maha-mantra e gopala mantra – tornaram-Me como um
louco."
Para aqueles que sempre se lembram e meditam no gopala-mantra e kama-
gayatri, pela potência do mantra, rati (bhava-bhakti) irá entrar
rapidamente em seus corações.
Está escrito no Sri Caitanya-caritamrta (Antya-lila 4.192):

diksa-kale bhakta kare atma-samarpana
sei-kale krsna tare kare atma-sama

No momento da iniciação, quando um devoto se rende completamente ao
serviço do Senhor, Krsna o aceita como estando ao Seu nível.

A Primeira iniciação é chamada harinama, somente a segunda iniciação
é chamada diksa. Atma-samarpana – no momento de diksa, o discípulo
rende-se completamente aos pés de seu gurudeva. Seikale – neste
momento Krsna dá o abrigo de Seus pés de lótus, e Ele torna o
discípulo atma-sama, muito próximo e querido a Ele.
De acordo com os princípios regulativos Vaisnavas, deve-se ser
iniciado como um brahmana. Como citado no Sri Hari-bhakti-vilasa
(2.6) do Visnu-yamala, O Senhor Sankara disse a sua esposa Parvati:

adiksitasya vamoru krtam sarvam nirarthakam
pasu-yonim avapnoti diksa-virahito janah

Ó Vamaru – Ó bela Parvati – a respeito destes que não tomaram diksa,
todas suas atividades devocionais, tais como sadhana, bhajana e
puja, serão em vão. Elas são inúteis. Tais pessoas que não são
propriamente iniciadas podem cair novamente nas espécies animais.

Está declarado no Padyavali, um livro compilado por Srila Rupa
Gosvami, que harinama pode dar tudo, inclusive krsna-prema,
simplesmente por tocar a língua.

akrstih krta-cetasam sumanasam uccatanam camhasam
acandalam amuka-loka-sulabho vasyas ca mukti-sriyah
no diksam na ca sat-kriyam na ca purascaryam manag iksate
mantro 'yam rasana-sprg eva phalati sri-krsna-namatmakah

O santo nome do Senhor Krsna é um grande atrativo para muitos santos
e pessoas liberais. Ele é o aniquilador de todas as reações
pecaminosas e é tão poderoso que, salvo o mudo que não pode cantá-
lo, está acessível a todos, incluindo o mais baixo tipo de homens,
os candalas. O santo nome de Krsna é o controlador da opulência de
liberação, e é idêntico à Krsna. Quando uma pessoa simplesmente
canta o santo nome com sua língua, imediatamente o efeito é
produzido. Cantar os santos nomes não depende de iniciação ou
atividades piedosas ou princípios regulativos purascarya geralmente
observados antes da iniciação. O santo nome não espera por nenhuma
destas atividades. Ele é auto-suficiente. (Citado no Sri Caitanya
caritamrta, Madhya-lila 15.110)

Mas pode isso ocorrer se nosso cantar não é puro? Esta é a questão
que surge. Isso pode ocorrer sem diksa? No Hari-bhakti-vilasa (17.4–
5, 7) está declarado:

vina yena na siddhah syan mantro varsa-satair api
krtena yena labhate sadhako vañchitam phalam

purascarana-sampanno mantro hi phala-dhayakah
atah puraskriyam kuryat mantra-vit siddhi-kanksaya

puraskriya hi mantranam pradhanam viryam ucyate
virya-hino yatha dehi sarva-karmasu na ksamah
purascarana-hino hi tatha mantrah prakirtitah

Sem realizar atividades purascarya, ninguém pode aperfeiçoar-se
mesmo após cantar este mantra por centenas de anos. Mas aquele que
se submeteu ao processo purascarya-vidhi pode atingir mui facilmente
o êxito. Se alguém deseja aperfeiçoar sua iniciação, deve primeiro
submeter-se a atividades purascarya. O processo purascarya é a força
vital pela qual alguém sai exitoso em cantar o mantra. Sem esta
força vital, não se pode fazer nada; similarmente, sem a força vital
ou purascarya-vidhi, nenhum mantra pode ser perfeito. (Citado no
significado de Srila Prabhupada do Sri Caitanya-caritamrta, Madhya-
lila 15.108)

Srila Jiva Gosvami cita um verso a fim de dissolver qualquer
compreensão errônea com relação a isto. No seu Bhakti sandarbha (283–
84), ele descreve a importância da adoração à Deidade e iniciação
diksa como segue:

avasyakat avasyakatvam nasti, tad vinapi saranapattyadinam
ekatarenapi
purusartha-siddher abhihitatvat, tathapi srinaradadi-
vartmanusaradbhih
sri-bhagavata saha sambandhavisesam diksa-vidhanena sri-guru-carana-
sampaditam cikirsadbhih krtayam diksayam arcanam avasyam kriyetaiva
yadyapi svarupato nasti, tathapi prayah svabhavato dehadisambandhena
kadarya-silanam viksipta-cittanam jananam tattat-sankoci-karanaya
srimad-rsi-prabhrtibhir atrarcana-marge kvacit kvacit kacit kacin
maryada sthapitasti

Na opinião do Srimad-Bhagavatam o processo de adoração à Deidade não
é realmente necessário, apenas como uma prescrição específica do
Pañcaratra e outras escrituras não deve-se segui-la. O Bhagavatam
prescreve que mesmo sem praticar a adoração à Deidade pode-se
alcançar o sucesso completo da vida humana através de qualquer outro
processo devocional, tal como simplesmente oferecer-se aos pés do
Senhor para proteção. Todavia, Vaisnavas, seguindo os passos de Sri
Narada e seus sucessores esforçarem-se para estabelecer um
relacionamento pessoal com o Senhor por receber a graça de um mestre
espiritual fidedigno através da iniciação, e nesta tradição
devocional os devotos são forçados no momento da iniciação ao ocupar-
se na adoração à Deidade.
Embora a adoração à Deidade não ser essencial, o condicionamento
material da maior parte dos candidatos ao serviço devocional requer
que eles se ocupem nesta atividade. Quando consideramos nossas
condições físicas e mentais, descobrimos que o caráter de tais
candidatos é impuro e suas mentes são agitadas. Então, para
purificar este condicionamento material, o grande sábio Narada e
outros deram em diferentes épocas vários recomendados tipos de
regulações para a adoração à Deidade. (Citado no Sri Caitanya-
caritamrta, Madhya-lila 15.108 significado)

Simplesmente pela língua tocar krsna-nama, os santos nomes dão todos
os tipos de perfeição, incluindo krsna-dasya e radha-dasya. Mas deve-
se notar muito claramente o comentário de Srila Jiva Gosvami para
este verso e colocá-lo no coração por contínua lembrança. No seu
Bhakti-sandarbha (283), ele escreveu:

dvijanam anupetanam svakarmadhyayanadisu
yathadhikaro nastiha syac copanayanad anu
tathatradiksitanam tu mantra-devarcanadisu
nadhikaro 'sty atah kuryad atmanam siva-samstutam

Mesmo que alguém tenha nascido numa família de brahmanas, só poderá
se engajar em rituais Védicos sem antes ter sido iniciado e ter um
cordão sagrado. Apesar de ter nascido em uma família de brahmana,
ele torna-se apenas um brahmana somente após a iniciação e a
cerimônia do cordão sagrado. A menos que seja iniciado com um
brahmana, não se pode adorar o santo nome apropriadamente (Citado no
Caitanya-caritamrta, Madhya-lila 15.108).

É verdade que simplesmente pela língua tocar krsna-nama pode-se
alcançar tudo. Mas a língua material, a língua de uma alma
condicionada, não pode tocar o transcendental santo nome.

atah sri-krsna-namadi
na bhaved grahyam indriyaih
sevonmukhe hi jihvadau
svayam eva sphuraty adah
(Bhakti-rasamrta-sindhu 1.2.234)

Com os sentidos materiais, não se pode compreender o transcendental
santo nome do Senhor, nem Sua forma, atividades ou passatempos. Mas,
quando realmente engaja-se em serviço devocional, utilizando a
língua, o Senhor é revelado.

Sri Narada Muni e outros acaryas prévios, como Brahma, Sanaka,
Sanandana, Sanatana e Sanat-kumara, todos tomaram diksa. Recebendo-
se diksa, então realiza-se sadhana-bhajana, e adora-se seu istadeva
(Deidade pessoal), Radha e Krsna. Srila Jiva Gosvami screveu que sem
diksa não há relacionamento com Krsna – nem dasya, sakhya, vatsalya,
nem madhurya. Isto não será possível sem diksa. Em nossa sampradaya,
sambandha-jñana vem unicamente por pronunciar "gopijana-vallabhaya"
do gopala-mantra; caso contrário não virá.
Srila Visvanatha Cakravarti Thakura escreveu uma explicação deste
mesmo verso. Nesta sua brilhante explicação ele diz que o que se
pode obter por todo o tipo de sadhana e atividades piedosas e por
cantar e lembrar-se dos santos nomes de Bhagavan – mesmo tendo
determinado que seu ista-deva é Krsna – ainda assim, se ele não toma
iniciação de um guru Vaisnava, pensando que isto não é essencial,
ele não pode alcançar Krsna. O único bom resultado alcançado é que
ele não irá para o inferno. Ele não poderá alcançar os pés de lótus
de Krsna, em nenhuma vida, até que seja propriamente iniciado. Em
uma vida futura, pelos frutos de suas atividades prévias de bhajana,
ele tomará nascimento em várias famílias religiosas e lá obterá
sadhu-sanga, guru-padasraya, e então diksa. Neste momento, fará
sólido desenvolvimento em bhakti. Esta é a única maneira.
Igualmente, Srila Raghunatha dasa Gosvami escreveu no primeiro verso
do Sri Manah-siksa:

gurau gosthe gostalayisu sujane bhusura-gane
sva-mantre sri-namni vraja-nava-yuva-dvandva-sarane
sada dambham hitva kuru ratim apurvam atitaramaye
svantar bhratas catubhir abhiyace dhrta-padah

Ó minha querida irmã; minha mente tola! Agarrando aos seus pés, oro
humildemente com doces palavras. Por favor, abandone todo o orgulho
e rapidamente desenvolva rati sublime e incessante por sri gurudeva,
Sri Vraja-dhama, os residentes de Vraja, os Vaisnavas, os brahmanas,
meus diksa-mantras, os santos nomes do Senhor Supremo, e pelo abrigo
de Sri Sri Radha-Krsna, o eterno jovial casal de Vraja.

Porque ele disse "mantra" se iniciação diksa não é necessária? Por
que ele não disse somente "sri namni"? O que é sva-mantra? Esta é a
diferença entre mantra e harinama, e o que ele disse a sua
mente: "Você deve abandonar o falso orgulho e tentar desenvolver
sublime e sem precedente apego a ambos. Tome abrigo de nama e
mantra, então sua vida será bem-sucedida." Então aqui existem duas
coisas – não uma. Seu gurudeva dará o mantra – que é diksa.
Agora gentilmente reconcilie todos estes pontos.

Gaura-premanande!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Cante este mantra e seja feliz:

Hare Krishna Hare Krishna Krishna Krishna Hare Hare Hare Rama Hare Rama Rama Rama Hare Hare
hare krishna !reverencias a todos os leitores e devotos do senhor krishna !

este blog esta em construção , vou tentar condensar aqui as aulas do site bhakti brasil que encontrar on line .jaya srila gurudeva !

Yuga Acarya Srila Bhaktivedanta Narayan Goswami Maharaja Ki Jay Ho!!!